Diabetes Gestacional: o que é?
09/06/2016
4 erros que pioram o emagrecimento
09/06/2016

Você sofre do “comer transtornado”?

Você faz dieta de segunda a sexta e não vê a hora que chegue final de semana para devorar todas as porcarias que encontrar?

Você come compulsivamente algo “proibido” e logo após fica triste, arrependido, frustrado?

Você acha que comer saudável é “chato, ruim, difícil” e só alimentos calóricos podem ser “super gostosos”?

Você acha que segunda feira é dia de começar dieta (e sofrimento)?

Você desconta na comida todas suas preocupações, angústias e depois fica mais angustiado ainda por ter feito isso?

Possivelmente você está sofrendo do “Comer transtornado”! Isso mesmo, é quando o alimento passa a exercer forte poder sobre suas decisões, pensamentos e comportamentos, você se vê cada vez mais escravo da sua alimentação, mais perturbado, cada vez mais angustiado e por não conseguir dominar suas atitudes e pensamentos, tudo torna-se um ciclo vicioso.

Você pode até conseguir emagrecer um pouco, mas já volta para seu peso normal ou até mais.

Triste não é?

Mas não precisa ser assim!

Abra sua mente para uma alimentação que te cure internamente, não que apenas te “emagreça de forma temporária”.

Entenda que dieta realmente começa toda segunda feira (cheia de sofrimento), mas uma alimentação saudável começa em cada refeição que você consome!!!

Abandone a “neura” das calorias, dos números da balança e entenda alimentação como melhora da sua qualidade de vida.

Apaixone-se e perceba como os alimentos saudáveis são também muito saborosos!

Dê uma chance ao seu corpo, que pede por saúde a todo instante!

Não espera a doença vir lhe privar de consumir algum alimento específico.

A palavra de hoje é: equilibre-se mais!

Garanto que mudando sua forma de enxergar e lidar com o alimento, você será muito mais livre, feliz, saudável e se for o objetivo, perdendo gordura!

Alimentação, para ser saudável, deve ser LEVE, FELIZ, SEM NEURAS E SOFRIMENTOS!

Vamos mudar já? Liberte-se!

 

Até a próxima,

Dra. Clarissa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *