Fome ou ansiedade?
01/08/2016
Brigadeiro fit
01/08/2016

Óleo de coco: bom ou ruim?

👉 Sabe aquela gordurinha localizada que você não consegue perder? Precisa de um “up” no seu metabolismo para queimar mais gordura? 🔥 Vou te ensinar então quanto, quando e como pode ser usado o óleo de coco! 😉

Modo de usar:
QUANDO? Quando você quiser ter mais gordura saturada dentro de você, que aumente chances de entupimento de vasos (aterosclerose), quando você quiser dificultar a sinalização hormonal no seu corpo, quando você quiser achar que está comendo um óleo “fit” e bonzinho para sua saúde, quando você vê aquela blogueira ou nutricionista usando e acha que será a solução para sua “queima” de gordura, quando você quiser ser “trouxa” da indústria que está por trás das vendas desse óleo (patrocinaram até estudo científico para dizer que óleo de coco é bom, que coincidência, né?), e quando finalmente você quiser seguir uma modinha que logo passa.
COMO? Você pode deixá-lo bem paradinho no armário da loja de produtos que você viu para comprar, ou se já comprou, pode deixar paradinho no armário de sua casa, sem colocar nas suas receitas achando que faz bem, ok?
QUANTO? Com desculpa para emagrecer saudável? Nenhum miligrama ou ml.

Agora vejam por que digo tudo isso:

👉 Posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) sobre o uso do óleo de coco para perda de peso.🎓

👉 “Considerando que muitos nutricionistas e médicos estão prescrevendo óleo de coco para pacientes que querem emagrecer, alegando sua eficácia para tal propósito; Considerando que NÃO há qualquer evidência nem mecanismo fisiológico de que o óleo de coco leve à perda de peso; Considerando que o uso do óleo de coco pode ser deletério para os pacientes devido à sua elevada concentração de ácidos graxos saturados, como ácido láurico e mirístico; A SBEM e a ABESO posicionam-se frontalmente CONTRA 😡 a utilização terapêutica do óleo de coco com a finalidade de emagrecimento, considerando tal conduta não ter evidências científicas de eficácia e apresentar potenciais riscos para a saúde.
A SBEM e a ABESO também não recomendam o uso regular de óleo de coco como óleo de cozinha, devido ao seu alto teor de gorduras saturadas e pró-inflamatórias.”

Artigo OFICIAL:  http://www.endocrino.org.br/polemica-do-oleo-de-coco/

PDF OFICIAL: http://www.endocrino.org.br/media/uploads/posicionamento_oficial_%C3%B3leo_de_coco_sbem_e_abeso.pdf

Não sabe com qual óleo cozinhar agora??? Dá uma lidinha nesse post então: 

Cozinhando sem óleo: Fácil, Saudável e Saboroso!

 


#Compartilhem o link desse post, POR FAVOR!!!! #chegadeModismo #verdadeNuaeCrua #nutriçãosensata #saúde
😡😱 Nutricionista/médico que prescrever óleo de coco não está nenhum pouco atualizado e comprometido com a saúde do paciente a longo prazo!!!

Até a próxima!

Dra. Clarissa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *