Vontade de comer doce todos os dias? Não é normal…Como melhorar?
25/01/2016
Emagrecer: Açúcar ou Adoçante?
03/02/2016

Exercício físico em jejum emagrece?

Tema polêmico que traz muitas dúvidas aos praticantes de exercício físico. Alguns estudos mostram que pode ter uma perda de gordura um pouco maior do que no estado alimentado, porém, o desempenho físico quando se está em jejum é comprometido.

Em outras palvras: o músculo precisa de glicose (açúcar) para funcionar em 100% de sua capacidade de contração. Se por acaso o aporte de nutrientes que você ofereceu é insuficiente, talvez esse músculo não trabalhe em 100% de sua capacidade, com isso, a oxidação de gordura nos dias seguintes poderá ser menor, comparado com um indivíduo que se alimentou antes do exercício.

Outro fator muito importante que pode ocorrer: quebra de aminoácidos (proteína muscular basicamente) para produção de açúcar, já que você não ofereceu o açúcar (carboidrato) propriamente dito! Seu corpo vai “se virar”, procurar substrato energético em sua massa muscular = proteólise, que significa “quebra” de proteína. O que mais queremos em um exercício físico? Aumentar massa muscular para que também aumente o consumo e “queima” de gordura. Ao reduzir a massa muscular, reduzimos também a capacidade de oxidar gordura.

O jejum “overnight” ou jejum noturno favorece a ingestão de alimentos pela manhã, principalmente os ricos em carboidratos. Porquê? Ao dormirmos o  sistema nervoso central (cérebro) se alimenta das reservas de açúcar do fígado (glicogênio) que todos nós possuimos (quando saudáveis). Ao acordar, devemos abastecer essa reserva.  Imagine então o que ocorre quando ao acordarmos e ao invés de fazer uma refeição com alimentos ricos em carboidratos, saímos realizando um exercício intenso ou prolongado? O sangue torna-se ácido, as vias metabólicas ficam “doidinhas” tentando produzir açúcar endógena (através da conversão de proteínas em carboidratos). Algumas vezes essa atitude pode resultar em perda momentânea da consciência (desmaio) podendo ter conseqüências mais graves.

Uma boa dica para que irá fazer exercício logo pela manhã é na noite anterior realizar a Ceia (última refeição do dia), com a finalidade de abastecer bem aquela reserva de açúcar no fígado (glicogênio). E antes do exercício, uma boa fonte de carboidrato, como torradas ou pão integral, banana, sucos de frutas concentrados e outras inúmeras opções, que agradam a todos os gostos!  Assim uma parte da glicose consumida na atividade estará sendo fornecida por esta refeição.

E não se esqueça: o jejum não emagrece, engorda, pois pode haver diminuição de massa muscular!!!

 

Até a próxima!

Dra. Clarissa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *